A Família Juramidam - fotos históricas da doutrina do Santo Daime
 
 
Vó Cota, irmã do Mestre Irineu
 
Irmã do Mestre, dona Maria Matos, mãe do seu Daniel Serra. Na foto ela está ao lado de dona Otília, esposa do seu Daniel e sua filha Maria. Dona Maria Matos, carinhosamente "Vó Cota", de "mariacotinha" (diminutivo muito usado no interior do Maranhão), chegou a tomar daime, inclusive, morar em Rio Branco, após a passagem do Mestre.

Teve a graça de receber dois hinos, um deles muito cantado no Centro de Luiz Mendes. É curtinho, mas bastante significativo... "Meu Barquinho azul/ Todo embandeirado/ Com poder divino/ Eu já estou curada (o)”. O outro, poucas pessoas lembram (foto retirada do álbum de família do seu Daniel Serra, gentilmente enviada e comentada por Mivan Gedeon). Juarez Duarte Bomfim nos conta: "A Vó Cota, irmã do Mestre Raimundo Irineu Serra, foi levada pelo seu filho Daniel Serra para conhecer as terras sagradas do Alto Santo e lá permaneceu residindo (Rio Branco-Acre).

Conta-se que, em visitas diárias ao túmulo do Mestre, ela entrava em longas conversações com ele, o Mestre Irineu. Quem passava pela estrada em frente ao mausoléu do Mestre nos finais de tarde a encontrava em animada conversação com o invisível. O singelo hino por ela recebido, hoje tem a graça de fechar o trabalho de Cura e Chamados do Padrinho Luiz Mendes, quando o Saturnino Mendes nos conta um pouco da vida desta simpática velhinha".